sexta-feira, novembro 02, 2007

Arte, hipocrisia e indiferença

Um senhor, que se apelida de artista, chamado de Guillermo Habacuc Vargas resolveu expor numa galeria de arte na Nicarágua um cão vadio. Mas não foi apenas um cão vadio... foi um cão vadio a quem não deu de comer ou beber... a ideia era mesmo deixá-lo morrer de fome.

"O cão morreu de fome à vista da frase "tu és aquilo que lês"... escrita com biscoitos para cão na parede da galeria de arte."

Isto choca-me! Mas o que me chocou ainda mais, foi a hipocrisia, de todos. É no final da exposição o "artista" declara:

"O animal transformou-se em centro das atenções por estar num local onde as pessoas querem ver arte, mas ninguém ligaria se ele estivesse a morrer de fome nas ruas. Ninguém libertou o cão, ou lhe deu de comer, ou chamou a polícia. Ninguém fez nada".

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 3:32 da tarde

1 Comments

  1. Blogger redjan posted at novembro 04, 2007 8:53 da manhã  
    Se o artista e os apreciadores da sua arte, fossem em viagem junto com o cão .... perder-se-ia o quê ?

    A doce e fantástica estupidez que nos diferencia do animal ??

Enviar um comentário

« Home