quarta-feira, dezembro 20, 2006

Ironias da Vida II

aqui falei do convite para o nosso jantar de natal, mas ainda não falei do jantar.

Adorei. Não foi brega, antes pelo contrário.

A refeição estava boa, ementa bem escolhida (para quem gosta de queijo de cabra) e animação de stand up comedy com o Eduardo Bandeira. Pessoalmente não lhe acho muita graça, mas teve 2 ou 3 saídas bem metidas.

Tivemos direito a presente, e a um Kit de ressaca com cola, aspirina C e gurosan.

O Blues Cafe fechou para nós e só arredei pé da pista quando me mandaram ir para casa.

Diverti-me e ultrapassei uma série de "limitações" pessoais que devia à minha timidez.

O jantar deve ter custado um balúrdio, já que tinhamos o bar aberto, mas seria a noite perfeita se fosse possível levar companhia.

Não lamento que tenham gasto o que gastaram naquele jantar. Acho que todos merecemos uma noite de luxo pelo nosso esforço e dedicação. Mas há algo que não entendo...

... no dia do jantar recebemos da tipografia os postais de natal. Fomos informados que estavam à nossa disposição mas que apenas deveriam ser enviados para fornecedores e clientes VIP porque a empresa está em contenção de custos.

Será que sairia assim tão caro deixarem ao nosso critério o envio de postais, principalmente quando os há aos pontapés por todo o lado?

Confesso que me deu um certo gozo fazer uma coisa feia... já que me disseram claramente que não deveria enviar nenhum postal, resolvi apanhar uns que estavam esquecidos numa mesa do corredor e enviar à mesma.

Feliz Natal para quem os recebeu!!!

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 9:06 da tarde

1 Comments

  1. Anonymous bcc posted at dezembro 21, 2006 12:08 da tarde  
    Eu cá acho bem essa restrição postaleira. Não tanto pelos postais, mas porque pode ser perigoso lamber tantos selos. Portanto, só uma mente mesquinha vê isso como uma medida de contenção de custos, quando afinal foi uma deliveração do dept de higiene e segurança no trabalho.O gajo que tomou essa decisão, deve ser ele proprio um postal, nao?

Enviar um comentário

« Home