terça-feira, maio 02, 2006

Conversas (in)delicadamente ouvidas

Estavam na mesa ao lado, não consegui deixar de ouvir.


- Os teus ciúmes far-te-iam zangar comigo?

- Poderiam, por vezes os ciúmes fazem-nos zangar com a pessoa que amamos.

- Eu sei. Mas como vês nem respondi.

- Estou insegura e até ela me faz sentir medo.

- Eu também.

- Amo-te.

- Também te amo.

Faltou o abraço.

Não sei se o "Amo-te" a rematar a conversa lhe deu a segurança que não parece abundar naqueles corações. Espero que o Amor, que esse seja forte o suficiente para se sobrepor a ciúmes, inseguranças, sombras, receios e que aquele casal que se olhava com ternura fique feliz para sempre.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 7:30 da tarde

2 Comments

  1. Blogger Bcc... posted at maio 02, 2006 7:41 da tarde  
    Este teu texto sobre uma conversa de café que não pudeste deixar de escutar, está muito bonito. Muito bonito mesmo.
    Quero acreditar no final feliz desta conversa, que é como quem diz, que o "amo-te" que trocaram, restituiu alguma segurança a ambos.
  2. Blogger badger posted at maio 03, 2006 10:29 da manhã  
    Ois..

    Pois, sendo assim existe «alguma insegurança»!! Como o descreveste está belo... dá vontade de gritar: Força, força, AMEM-se!!

    MAs quem sabe... talvez essa forma que retratas-te lhe dê segurança... ou talvez, seja mesmo um mau sinal!!
    MAs força para eles, para todos, e para mim!!

    BEijokas

Enviar um comentário

« Home