quarta-feira, agosto 09, 2006

Se

Se tanto me dói que as coisas passem
É porque cada instante em mim foi vivo
Na busca de um bem definitivo
Em que as coisas de Amor se eternizassem


Sophia de Mello Breyner Andersen

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 7:35 da tarde

1 Comments

  1. Blogger Ivo posted at agosto 10, 2006 9:52 da manhã  
    Um excelente poema.... Muito Boa Escolha!!

    Beijoka

Enviar um comentário

« Home