segunda-feira, setembro 11, 2006

Olha ali um leitão!

O fim de semana foi em grande.

6ª Feira - Bairro Alto.

Cheguei a casa tarde e más horas para quem no dia seguinte tem que preparar a mochila, a tenda e partir rumo a Arouca para descer um canyon no Rio Pequeno, um afluente do Rio Freita.
2 horas de sono, levantar, arrumar e partir.

No parque de estacionamento do Escritório estava já o André e a Clara à minha espera. Resolvemos ir todos juntos.

A viagem correu sem grandes aborrecimentos, pelo menos para mim que fui a dormir a viagem toda. Toda não. No troço final acordo com a Clara e o André a discutirem o percurso como se fossem casados há pelo menos 15 anos.

Lá encontramos o caminho graças ao meu raciocionío abstrato. Afinal foi olhar para as péssimas indicações que tinhamos e tentar ver o que aquilo quereria dizer.

Finalmente, Merujal. Do parque de Campismo é que nem cheiro.

Telefones sem cobertura, excepto o meu pequeno Zapp, a dar significado ao trabalha melhor em equipa.

Liguei para o parque.

- Estamos a tentar chegar até aí.

- Onde está?

- Acabei de sair da aldeia do Merujal e estou num entroncamento onde está uma seta de um restaurante chamado Encontro e outra para Vale de Cambra.

- E está parada ou a andar?

- Estou parada.

- Está onde?

- Acabei de sair da aldeia do Merujal e estou num entroncamento onde está uma seta de um restaurante chamado Encontro e outra para Vale de Cambra.

- E as cruzes?

- Quais cruzes?

- Passou pela Srº das Lajes?

- Não sei.

A chamada caiu e eu resolvi não ligar novamente.

Andamos mais um pouco e encontramos um grupo de 5 senhoras.

- Boa tarde. Poderiam dizer-nos onde fica o Parque de Campismo do Merujal.

Srª 1: O Merujal é para cima.

Srª 2: Que nome é esse?

Srª 3: Que querem?

Srº 4: Ora digam lá.

- Queriamos saber onde é o Parque de Campismo do Merujal.

Srª4: Isso é lá em cima. Tem que subir pela estrada de alcatrão. Dá aqui a volta e sobe sempre pela estrada de alcatrão. Os senhores vieram pela estrada de alcatrão, não foi?

- Sim.

Srª 4: É por ai que têm que ir. Depois de chegarem lá a cima não virem à direita (batendo com a mão no ombro direito) viram à esquerda (batendo com a mão no ombro esquerdo, mesmo em cima da foice que lá se encontrava pendurada).

- Obrigada.

Srª 4: Pois virem à esquerda (batendo novamente com a mão no ombro)

O André arrancou e apenas ouvia a Clara dizer:

- Aguenta por favor até passarmos novamente pelas senhoras.

Passamos e uma explosão de gargalhadas fez-se imediantemente ouvir no carro.

Fiquei imparável.

A falta de sono tem estes efeitos em mim. Vou perdendo a lucidez e rindo dos meus próprios disparates.

Finalmente o Parque.

Fomos os primeiros a chegar e ligamos para o resto do grupo para dar as indicações correctas.

Encomendamos o jantar e fomos levantar dinheiro.

Aproveitei para as SMS da praxe (uma sms addict não pode passar uma noite sem enviar nem que seja uma sms e no parque não havia cobertura).

- Poderia dizer-me onde há uma caixa multibanco?

- Vem de S. João da Madeira?

- Não. Do Merujal.

- Segue sempre em frente e em vez de voltar à esquerda, volta à direita.

Tive que me controlar mais um pouco, pois na verdade só me lembrava da Srª 4.

Regressamos ao parque já com o dinheirinho.

- Olhem ali um porco preto - disse eu entusiasmada com o animal.

- Onde?

- Ali.

- Abelhinha... é um cão.

Ao jantar ainda não tinha conseguido parar de rir. Todos os outros só diziam "não a deixem beber mais", que foi uma grande injustiça, porque eu estava a beber água.

Deitei-me cedinho. Coloquei os tampões nos ouvidos e desliguei da camarata onde todos partilhavamos o "leito".

Na manhã seguinte contaram-se grandes algazarras da noite, mas delas nem zumbido ouvi.

Pequeno almoço, mais umas quantas gargalhadas.

Pouco depois iniciavamos a aventura.

Da última vez há 2 anos atrás eu fui apelidada de "Abafa Calhaus" e isso deixava-me um pouco insegura.

Mas tinha que me aguentar à bomboca.

A coisa começou com um salto, não muito alto, mas eu detesto saltos. Lá saltei lembrando-me das sábias palavras do Carlos:

- Depois de tomada a decisão basta apenas um passo. E é assim com tudo na vida. Toma sempre a decisão com a qual sejas capaz de lidar para o resto dos teus dias.

Não poderia viver com o enxuvalho de não saltar.

A água estava gelada, mas sabia bem para arrefer um pouco os fatos de neoprene.

Fomos seguindo sem incidentes de maior e a rir de nós próprios a cada escorregadela.

Fizemos imenso rapel regado com água limpa e fresca, intrecalado com a Abelhinha a cantar, para desespero dos ouvidos dos restantes participantes.

"Estava a assar sardinha
Tinha o lume a arder
Queimei a sardinha sem ninguém saber
Se fosse outra coisa eu não importava
Mas era a sardinha que eu tanto gostava"

"O mar está bravo
Há ondas a bater
O mar está bravo
Oh amor vem ver"

De "abafa calhaus" passei a fuzileira. O que foi sem dúvida uma grande promoção. Embora em muitas fases da descida tenha sido mais lontra que abelha.

A descer todos os Santos ajudam... e depois esquecem-se que a malta também tem que subir.

A subida foi um horror. Por momentos achei que as minhas pernas se iam recusar a fazer mais um movimento que fosse.

Ao chegar ao ponto de partida, nem parecia que tinha estado o dia inteiro dentro de água tal foi a minha alegria ao ver a fonte, onde aproveitei para quase tomar banho.

A energia estava esgotada.

Quem me despiu foi o André e levei um raspanete do Carlos.

- Não descansas e depois dá isso. Tens que dormir senão o corpo não aguenta.

Mensagem recebida, para a próxima, já em outubro, lembrem-me para não ir ao Bairro Alto na véspera do canyoning.

Já de regresso a casa, o André insistia que eu cantasse. Devia estar com os ouvidos com algum calhau lá dentro, porque eu canto tão mal que a Inês me diz sempre: "Mamã cala-te que fazes muito barulho!"

Chegamos sãos e salvos e hoje vamos ver como é que os corpinhos se aguentam.

Logo, logo publico fotos.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 9:01 da manhã

2 Comments

  1. Blogger Ivo posted at setembro 11, 2006 12:39 da tarde  
    Pelo menos foi um Fim de Semana bastante divertido!! Pena é passarem tão depressa....

    Esperamos então pelas fotos!! Bjs
  2. Blogger Cristina posted at setembro 13, 2006 1:35 da manhã  
    LoL, fizeste-me rir com as senhoras, lol :)
    Parece ter sido um fim de semana muito divertido, pena a água fria
    :)
    beijinhu

Enviar um comentário

« Home