sexta-feira, fevereiro 10, 2006

Encontro

Ontem foi a primeira aula do workshop de teatro em que me inscrevi. Ao final de vários anos a desejar fazer algo assim, chegou o momento certo.

Estava tímida, receosa, ansiosa, bem disposta e uma série de emoções que nem sei muito bem como descrever.

Estávamos todos descalços (adoro estar descalça), numa pequena sala de paredes brancas e pé direito alto, sentados em bancos de pinho como o chão.

Conversamos um pouco e no ambiente aconchegado da luz indirecta deitamos mãos à obra. Mãos não será o termo certo… foram mãos, pés, olhos, ombros, pulmões, omoplatas… foi o Corpo, como um todo e não como uma soma de partes.

Ao longo da aula fui reconhecendo cada centímetro do meu Corpo, cada centímetro esquecido em si mesmo, perdido nas memórias de quem se julga conhecer bem demais.

Julga mas não conhece.

Se sempre digo que seria incapaz de viver sem o Tacto, ontem senti isso mesmo.

O Tacto não apenas como um receptor de informação, mas também como um emissor, numa linguagem inteligível apenas entre tactos.

Como se ao tocar as coisas o Corpo se auto-encontrasse. Como se os Objectos e os Outros fossem tabelas de ricochete de sensações.

O Encontro do Corpo consigo próprio, um reconhecimento narcisista do Físico, um canal para a emotividade incógnita.

O Encontro com o desconhecido que habita por baixo da nossa pele e que nela se esconde, através do Outro, do Meio, do Espaço, do Imaginário, da Negação, da Aceitação, do Estar e do deixar Ser.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 7:15 da tarde

14 Comments

  1. Blogger miak posted at fevereiro 11, 2006 1:35 da manhã  
    Feliz por ti...eu ainda não arranjei tempo, ou coragem...

    Talvez não seja ainda a hora...
  2. Blogger AnaCristina posted at fevereiro 11, 2006 7:10 da manhã  
    Abelhinha, tenho um desafio par ti lá no meu estaminé...
    Fico à tua espera!

    Beijinho
  3. Blogger lobices posted at fevereiro 11, 2006 3:14 da tarde  
    ...é bom quando nos descobrimos
  4. Blogger A .Carlos posted at fevereiro 11, 2006 4:28 da tarde  
    Olá Abelhinha,
    Mas que interessante, deve ser essa nova experiência.
    O Tacto...tantas vezes meio esquecido, no meio dos outros sentidos.
    E sem ele...será que algo farecia sentido??
    :)))
    Bom fim de semana para Ti
    Bjsss
    ≺ A New Day ≻
  5. Blogger Mocho Falante posted at fevereiro 11, 2006 8:48 da tarde  
    ahhh pois é, muito se vai sorrir, emocionar e chorar baba e ranho...

    já estou à espera de belos relatos aqui e quem sabe numa copa Zen qualquer ao sabor de um chá de lúcia lima

    beijocas
  6. Blogger Caracolinha posted at fevereiro 11, 2006 9:00 da tarde  
    Que bom poderes fazer uma coisa de que gostas tanto ... o teatro exercita o corpo, a mente e as emoções ... disfruta de cada momento.

    Beijoca encaracolada para ti e para a Inês :))))
  7. Blogger Agripina Roxo posted at fevereiro 11, 2006 11:45 da tarde  
    espero que seja um experiência muito proveitosa para ti e que te faça muito bom :)

    conhecer reconhecermo-nos pelo corpo, falarmos com o corpo e ouvirmos com o corpo traz a paz e a calma.

    o auto-conheciemtno, embora as vezes assutador é sempre importante para o nosso equilíbrio :)

    beijinhos mil
  8. Blogger HatA/mãe posted at fevereiro 12, 2006 4:44 da manhã  
    Ola abelinha linda,
    Estas a fazer uma coisa que eu adoraria fazer.
    Quando era muida, fiz muito teatro pertencia ao grupo de teatro do colegio, acho que até tinha muito jeito...mas depois, vamos adiando os nossos sonhos, vamos negando as nossas ambições, pela famila, pelos filhos, vamos negando...negando até que ha quase uma anulaçao.
    Depois derrepente, falhamos em familia...olha-se para traz, e fica uma revolta enorme...demos tudo que tinhamos e o que gostaria-mos de ter. Aí começamos a aprender que devemos pensar tambem em nós...mas às vezes já é tarde!!!
    Lá venho eu a este cantinho ternurento trazer vinagre muito azedo, para levar mel.
    Ai abelinha...
    Um grande beijo, para si que deve estar a dormir, enquanto eu ando para aqui a "despachar noites".
  9. Blogger Marketeer posted at fevereiro 12, 2006 8:57 da manhã  
    Conhece a cidade alentejana de Vendas Novas? A Geração VN vem convidar todos os visitantes deste blog a passar por lá! É só clicar no link! Até já!
  10. Blogger MPR posted at fevereiro 12, 2006 11:59 da tarde  
    "... canal para a emotividade incógnita..." muito bem posto! E é o primeiro pequeno passo desta viagem que começámos na quinta passada, e que nos vai desconstruir renascendo de novo todas as semanas. Até onde e até quando ninguem sabe ao certo, mas o destino uma vez mais incógnito, visto daqui, parece incrivel...
  11. Blogger Dilbert posted at fevereiro 14, 2006 12:45 da manhã  
    Opah... será que depois do workshop de teatro podemos ver a amiguinha Abelhinha a representar numa peça ?
    Será que o pessoal pode ir ver ? Eu quero, eu quero :))
    Beijokas e boa semana
  12. Blogger A .Carlos posted at fevereiro 14, 2006 12:49 da manhã  
    Olá Abelhinha,
    Espero que esse workshop, continue em força!!!
    Uma boa semana para ti.
    Bjss
    ≺ A New Day ≻
  13. Blogger Bcc... posted at fevereiro 14, 2006 11:00 da manhã  
    no meu burgo ja tentei indagar se ha algo do genero...mas, nada. são os custos da "provincianidade".
  14. Blogger HatA/mãe posted at fevereiro 14, 2006 11:30 da manhã  
    Abelinha querida,
    Tenho que esperar até quinta feira para saber mais?
    Já que cá estou, desejo-te minha fabricante de doçura, um feliz dia de namorados.

Enviar um comentário

« Home