domingo, janeiro 08, 2006

Só visto!

Hoje saí um pouco de casa com o meu irmão e com a minha cunhada e mais 2 amigos.

No regresso a casa, em plena via rápida da Costa da Caparica vimos um carro um pouco inclinado e a deitar muito fumo.

Olhamos com atenção e reparamos que o carro estava sem o pneus traseiro do lado esquerdo. Ultrapassamos o carro para o alertarmos do que se estava a passar. Para nosso espanto, o carro também não tinha pneu à frente. Fizemos sinais e o condutor sem reagir.

O meu irmão começa a pensar nos perigos que a situação pode causar.

Seguimos o carro e vimos que o carro entrou na A2 em direcção a Lisboa.

O meu irmão achou que melhor, melhor era alertarmos a brigada da GNR da Ponte 25 de Abril para que impedissem o carro de circular na ponte.

Quem nos atendeu o telefone estava tão incrédulo como nós!

- Mas vai sobre a jante?

- Sim vai. Vai mesmo sem pneu!

Eu e os restantes ocupantes do carro, dava-mos o máximo para não rir enquanto o meu irmão falava ao telefone. Já bastava a história ser tão incrível para o Agente ainda ouvir alguém a rir. Assim que ele desligou o telefone foi gargalhada geral.

Se me contassem eu não acreditava. Só mesmo visto.

É que ainda por cima o velhote que conduzia o carro, estava com ar de quem nem tinha notado o que se estava a passar. Como é possível????

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 10:10 da tarde

6 Comments

  1. Anonymous João posted at janeiro 08, 2006 10:39 da tarde  
    Olá abelhinha ;)
    já estás melhor?
    Estamos em portugal para mim já não é nada bizarro, basta dares umas voltas pelo interior de portugal e veres uma mota com 5 pessoas que já não te admiras de nada ;)
    tem uma boa semana ;)
    um beijo ;)
  2. Blogger rspiff posted at janeiro 09, 2006 10:59 da manhã  
    Estou a ver o filme, faiscas por todo o lado e o homem fixado no horizonte :-)
  3. Blogger Thiago Forrest Gump posted at janeiro 09, 2006 6:05 da tarde  
    Isso é que é ser tranquilo.

    loooool
  4. Blogger Eva Shanti posted at janeiro 09, 2006 7:55 da tarde  
    Amiga,

    Ainda bem que já te sentes melhor e já deste um passeio.

    E que emoção!

    Bem, eu desconfio que sou do género do condutor distraído que já nem pneu tinha... é que sou capaz de ter um pneu furado e não perceber... Desde que o carro ande...

    Bjs
  5. Blogger Mocho Falante posted at janeiro 10, 2006 1:13 da tarde  
    Minha querida

    No tempo do Raul Brandão
    Não havia tanta distracção

    lolão
  6. Blogger aya posted at janeiro 11, 2006 12:53 da tarde  
    Concordo com o thiago...em tudo é preciso ser tranquilo!:o)

    Gostei destas viagens em silêncio embora me pareça que neste caso devia haver muito barulho...

Enviar um comentário

« Home