sábado, julho 09, 2005

Perguntas difíceis

Hoje foi mais um dia de visitar o Biso. É assim que chamamos ao meu avô, desde que é bisavô da Inês.

Ele tem quase 80 anos, e não aceita que se contrate alguém para ir tratar das coisas da casa. "O que iriam as pessoas dizer, se viesse aqui alguma senhora?" Se calhar falavam, ou se calhar não. Como tal, lá vamos nós, eu, a minha mãe e a Inês ajudá-lo.

Enquanto faziamos a cama a Inês perguntou: "Quem faz a cama da Bisa nas estrelas?", institivamente respondi: "Os Anjinhos"

Ela ficou pensativa. "A cama da Bisa é brilhante! Os anjinhos é que fazem!"

Explicar à Inês a morte da Bisa sempre me arrepiou. Arrepiou-me por ter medo de não dar a resposta certa.

A minha avó morreu de cancro, depois de 7 meses de hospitalizações e permanências acamadas em casa. A Inês nunca se recusou a vê-la ou a dar-lhe beijos para ela ficar boa. Nunca a impedi nem a incitei a que o fizesse, sempre permiti que ela tomasse a decisão que achasse correcta na sua ingenuídade de criança.

A primeira vez que visitamos o meu avô já viúvo, a Inês perguntou se a Bisa tinha ido novamente para o hospital tratar do dói-dói. Fiquei sem resposta. "Está nas estrelas" socorreu-me a minha mãe. Desde esse momento é comum vermos a Inês a olhar para o céu a dizer adeus e a mandar beijinhos à Bisa quando as estrelas brilham no céu.

Dorme bem Bisa querida, na tua cama brilhante, feita pelos anjinhos nas estrelas! Amo-te muito!

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 11:00 da tarde

4 Comments

  1. Blogger Mocho Falante posted at julho 10, 2005 3:02 da manhã  
    Não podia ser mais ternurenta a explicação da morte, mas o mais ternurento é a cama de estrelas feita pelos anjos.

    Qie grande sorte Biza, grande sorte
  2. Anonymous Agripina Roxo posted at julho 10, 2005 3:31 da manhã  
    É bom ser pequenino para poder ver o mundo pincelado de todas as cores :)
  3. Blogger Carlos Medeiros posted at julho 10, 2005 1:53 da tarde  
    Tão boa a vida inocente de uma criança, não tem nada melhor....Solicito uma informação sua, se possível. Não sei como colocar links para outros blogs no Blogspot. Não achei o caminho...abraços...
  4. Blogger Caracolinha posted at julho 11, 2005 12:07 da manhã  
    São assim as crianças, a sua sensibilidade especial põe-nos muitas vezes a pensar em como podiamos olhar para tudo de uma forma mais leve.

    Espero que ela olhe muitas vezes as estrelas e se lembre da Bisa, que ela decerto adorava, e que a bisa, na sua estrela, continue a olhar para a Inês, que é um amor de menina.

    Bjinho ~:o)

Enviar um comentário

« Home