quinta-feira, janeiro 12, 2006

"Atão e o colega cara-de-anjo?"

"Atão e o colega cara-de-anjo?" Pergunta a Eva Shanti

E então o colega com Sorriso de Anjo?

O colega com Sorriso de Anjo ainda não me ofereceu chocolates, nem laranjas ou clementinas, e ainda bem, porque não poderia comer nenhum destes manjares. Mas já falamos algumas vezes ao telefone

A 1ª vez que ele me tentou ligar eu estava ao telefone e não consegui antender. Como ligou do telefone do escritório não consegui saber que era ele que estava ao telefone e não retribuí a chamada.

Quando lhe telefonei, alguns dias depois, a conversa foi agradável. Assim que identificou a minha voz desatou a falar incessantemente e ineterruptamente:

- És mesmo tu? Estava preocupado. Nunca mais me disseste nada. Liguei para ti não me atendeste, e ainda por cima os teus amiguinhos passaram os dias todos a 'picarem-me' que tinham falado contigo e mais não sei o quê! Sempre a darem notícias tuas e mais não sei o quê! Falaste com toda a gente menos comigo. Já não te importas comigo. Esta empresa sem ti não é a mesma coisa, falta-lhe cor.

- Ai sim? Tens saudades minhas?

- Tenho. 1000 saudades tuas.

O resto de conversa, como as que se seguiram, foram uma troca de mimos mútua, como já é comum na nossa convivência.

Não é isto melhor do que qualquer chocolate, laranja ou clementina?

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 8:48 da tarde

7 Comments

  1. Blogger rspiff posted at janeiro 12, 2006 9:24 da tarde  
    Sorrio sempre com esta história...
  2. Blogger Eva Shanti posted at janeiro 12, 2006 10:47 da tarde  
    Querida Abelhinha,

    Ainda bem que tem havido converseta, porque isso também faz os seus milagres e ajuda à recuperação.

    Não conseguiste atender o telefone, não retribuíste a chamada? Isso só adensa a coisa, que é como quem diz, não é mau de todo sentirmos a falta de quem nos habituamos...

    Ai os outros coleguinhas picam o anjinho? Sim, que não deve ter só cara-de-anjo, confessa. Costuma-se dizer, não há fumo sem fogo. Não, eu não estou a insinuar nada.

    Não, tenho a certeza que entre um chocolate e uma clementina, entre uma clementina e um chocolate, se mete um «a empresa sem ti não é a mesma, falta-lhe cor»...

    Pois, pois, é muita, muita amizade!

    E, claro, melhor do que um chocolate ou uma clementina, melhor do que uma palavra doce, que venha um sorriso! E na dúvida, a juntar ao sorriso, que venha um beijo, daqueles bem dados, beijo dos diabos!

    Bjs, muitos bjs!
  3. Blogger Abelhinha posted at janeiro 12, 2006 11:01 da tarde  
    Querida Eva:

    Raramente respondo aos comentários, mas esse... esse fez abrir um sorriso bem largo!

    Beijo
  4. Blogger A .Carlos posted at janeiro 12, 2006 11:13 da tarde  
    Olá Abelhinha
    Sorri ao ler esta tua descrição, nota-se que estás contente e feliz, e isso fez-me sorrir.
    tens razão ao dizer que um mimo, é bem mais reconfortante e saboroso, que o mais doce doce chocolate
    um deixa-nos um doce na boca...o outro deixa-nos um doce na alma
    e tao bom que é, sentirmos a alma reconfortada.
    Bjs.
    :)
  5. Blogger SaltaPocinhas posted at janeiro 12, 2006 11:45 da tarde  
    eu nem te perguntei por ele porque tive medo que não estivesse tudo a correr bem e já tinhas demais em que pensar. mas, pelos vistos as minhas "pragas" pegam sempre, como diz a minha filha!
  6. Blogger Dilbert posted at janeiro 14, 2006 12:35 da manhã  
    Ora bem... bem melhor ;)
    Ainda bem que por aqui as coisas já correm às mil maravilhas :)
    Beijokinhas miguita
  7. Blogger AnaCristina posted at janeiro 17, 2006 1:03 da tarde  
    Hummm... adoro mimos... e que bom que é ouvi-los!

    Soa-me a paixão!!

    Beijinhos

Enviar um comentário

« Home