segunda-feira, abril 24, 2006

Ele há mínimos

Eu sei que a cumplicidade é importante e que faz com que duas pessoas mesmo longe se sintam perto e um conjunto enorme de blá-blá-blás!

Mas há mínimos!!!

Pela segunda vez, sim, segunda vez, eu penso numa música para por aqui na minha colmeia, e nesse mesmo dia o Bcc, o “copião”, rouba-me a ideia e coloca ele no blog dele. Mas entenda-se... eu nunca lhe disse que era essa a minha intenção.

Depois vêm uns e outros Mochos dizerem que o Moby não se cala... um Tunafish que diz que mais valia deixar as viagens mesmo em silêncio, que é em silêncio que elas estão bem... tudo porque um Bcc se lembra de colocar a mesma banda sonora do que eu.

Uma vez eu até aceito, a segunda já nem por isso. Por isso, resolvi “vingar-me”, fui-lhe gamar este tema dos Sigur Rós ao blog dele... sempre não gasto os meus recursos.

Isto é demais!!!! É que esta música apresentou-ma ele num dia muito importante para mim!

Bcc, a ti só tenho uma coisa a dizer no meio de tanta consternação:

Eu sei que somos cúmplices e que por acaso os dois temas em causa têm tudo a ver conosco, mas importas-te de parar de ler os meus pensamentos e de pelo menos uma vez, me deixares fazer-te uma surpresa no meu Blog????

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 11:19 da manhã 8 comments

sexta-feira, abril 21, 2006

Apelo

Eu não sou ligada a bijuterias mas não posso deixar de fazer aqui um apelo.

A Maria é a mãe do Tiago, um bébé que sofre de Neuropatia Hipomielinizante Congénita (Charcot Marie-Tooth); uma doença que pode acontecer 1 em 100.000. No caso do Tiago até pode ser o único em Portugal.

Esta mãe abandonou-se para cuidar apenas do seu filho.

Para que nada lhe falte, ela complementa o ser orçamento familiar fazendo bijuterias para vender.

Passem por lá, vejam o trabalho dela e divulgem.

Ajudem esta mãe! É o apela que a Abelhinha hoje vos faz.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 6:41 da tarde 1 comments

O rapto

Ontem estive contigo.

Vi-te Sorrir
Vi-te Rir
Vi-te Brincar
Vi-te Acarinhar
Vi-te Ternurento
Vi-te Optimista
Vi-te Feliz.

Cheguei a casa, olhei em direcção ao céu e gritei:

- Senhor ET! Deixe ficar aí o meu Amigo que este clone é muito melhor!

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 11:52 da manhã 3 comments

segunda-feira, abril 17, 2006

Há quanto tempo foi?

Quanto tempo se passou?

Não sei. Parece-me a Eternidade, toda a vida.

Há quanto tempo foi?

Ontem? Foi amanhã?

Foi amanhã que tudo mudou.

Foi amanhã que bebemos do Cálice da Vida e iniciamos a comunhão.

Quando foi?

Foi amanhã

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 5:15 da tarde 6 comments

quinta-feira, abril 13, 2006

Se eu fosse, o que seria?

Se eu fosse um mês, seria Novembro
Se eu fosse um dia da semana, seria Quinta-feira
Se eu fosse uma hora do dia, seria 19h
Se eu fosse um planeta ou astro, seria estrela
Se eu fosse uma direcção, seria norte
Se eu fosse um móvel, seria uma estante cheia de livros
Se eu fosse um líquido, seria água
Se eu fosse um pecado, seria a gula
Se eu fosse uma pedra, seria um pedaço pequeno, tosco e bruto de quartzo
Se eu fosse uma árvore, seria limoeiro
Se eu fosse uma fruta, seria laranja
Se eu fosse uma flor, seria girassol
Se eu fosse um clima, seria temperado
Se eu fosse um instrumento musical, seria violino
Se eu fosse um elemento, seria Terra
Se eu fosse uma cor, seria azul
Se eu fosse um bicho, seria abelha (quem diria!)
Se eu fosse um som, seria o riso das crianças
Se eu fosse uma música, seria "I remember” de Damien Rice
Se eu fosse um sentimento, seria o Amor
Se eu fosse um livro, seria "Amor nos tempos da Cólera"
Se eu fosse uma comida, seria um prato que se prepara na mesa
Se eu fosse um lugar, seria Sintra
Se eu fosse um gosto, saberia a chocolate
Se eu fosse um cheiro, seria o cheiro a terra molhada
Se eu fosse uma palavra, seria “Amor”
Se eu fosse um verbo, seria "Dar"
Se eu fosse um objecto, seria lápis ou uma folha de papel
Se eu fosse uma peça de roupa, seria pijama
Se eu fosse uma parte do corpo, seria a boca
Se eu fosse um personagem de banda desenhada, seria a Mafalda
Se eu fosse um filme, seria "Indochina"
Se eu fosse um número, seria 7
Se eu fosse uma estação, seria Outono
Se eu fosse uma frase, seria "Eu amo-te"

Esta ideia foi plagiada do Blog do Desassego

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 9:12 da manhã 13 comments

O Tigre e a Neve

Há histórias de Principes Cavaleiros que Não querem casar e de Princesas que se perdem em bosques escuros porque estão tristes, e há outras histórias de adultos para todas as idades.

Ontem vi um filme delicioso - O Tigre e a Neve, de Roberto Benigni. Este filme é uma dessas histórias.

Saí da sala com as emoções felizes. Saí da sala a sorrir, a sentir-me aconchegada cá dentro.

Fui ver o filme às "cegas". Sabia que era de Benigni e nada mais. Nem tinha sequer lido a sinopse. Por isso também não vou falar muito do filme aqui, para não estragar a surpresa. Contudo não podia deixar de registar o bem estar que senti ontem.

Adorei.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 7:57 da manhã 2 comments

quarta-feira, abril 12, 2006

Escuta

Numa conversa intimista com O meu Amigo ele disse-me que se sentia perdido.

Respondi-lhe que o caminho era onde está o amor.

Ele não me pareceu convencido.

Hoje disse-me:

- O caminho é onde está o amor!

Afinal ele escutou-me.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 12:14 da tarde 6 comments

quinta-feira, abril 06, 2006

O maço de tabaco esquecido

Há muito, mas muito tempo atrás conheci alguém.

Talvez não tenha sido há tanto tempo assim, mas a vida já andou tanto que hoje me parece numa outra vida.

Esse alguém parecia-me diferente, especial. Estabelecemos uma ligação que me parecia de outro mundo, de outras vidas, de outras eras.

Como se a nossa ligação fosse como um fio de nylon, quase invisível e difícil de partir. Um dia ilustrei a nossa relação assim mesmo, 2 colchetes e um fio de nylon.

O fio quebrou sem eu saber bem como. Estavamos no ínicio de Abril. Aliás faz hoje 2 anos que o fio quebrou.

- Desculpa linda, não vou poder ir ter contigo. Tenho uns problemas pessoais e não tenho disponibilidade para ti neste momento.

Foi assim que se foi.

Passaram os dias.

Domingo de Páscoa.

Recebi um convite para jantar. Fui.

Foi um jantar delicioso.

Nesse dia, depois de jantar, a minha companhia deixou esquecido no meu carro um maço de tabaco esquecido.

A ligação que se estabeleceu entre nós nesse dia, ficou até agora representada nesse maço de tabaco vazio, que ficou esquecido no meu carro.

Esse maço de tabaco é como um tijolo. Um tijolo que não é mais do que a peça que considero mais importante por uma relação entre duas pessoas: a Cumplicidade.

Nesse dia percebi que um fio de nylon, aquele fio de nylon estava na mão da pessoa errada.

Se o tempo voltasse atrás, eu deixaria os 2 colchetes e o fio de nylon "acidentalmente esquecidos" no bolso desta pessoa que ainda hoje é uma das pessoas mais importantes na minha vida.

Obrigado por existires.

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 7:21 da tarde 9 comments

terça-feira, abril 04, 2006

Relaxe de fim de semana II

No post anterior contei o que ficou na outra metade de mim mesma do fim de semana.

E nesta metade? Como foi que o fim de semana ficou arquivado nesta metade?

Nesta metade ficou gravado o sorriso da Inês.

Ficou gravada a imagem daquele pequeno ser de quem conheço cada centimetro como parte de mim mesma, a correr nas ondas da maré baixa, como se fosse a primeira e a última vez que o fosse ver.

O som das suas gargalhadas. O som das suas mãozinhas a chapinhar na água.

O seu sorriso e os seus ginchos de prazer ao descer na montanha russa.

Os beijos que me deu, porque apenas lhe apetecia.

A vontade de fazer ó-ó com a mamã (que permiti).

Ficou gravado o bem que se portou na casa de estranhos, sem nunca mexer em nada sem perguntar se pode, sem sair da mesa sem acabar de comer, agradecer os agrados que lhe foram feitos.

A minha filha é deliciosa e mais uma vez tive a oportunidade de constactar isso.

No regresso a casa no carro conversei com ela e disse-lhe como tinha ficado contente por ela se ter portado muito bem e disse-lhe:

- És fantástica!

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 5:38 da tarde 3 comments

segunda-feira, abril 03, 2006

Relaxe de fim de semana

Não, não concluí a minha introspecção, mas aqui posso estar comigo mesma, pelo menos enquanto escrevo.

Este fim de semana regressei ao Algarve após uma ausência de 13 ou 15 anos.

Fui a convite da minha ex-colega de quarto de hospital.

Já que lá estava levei a minha Inês ao Zoomarine.


zoomarine


A felizarda ganhou uma bola, oferta de um dos Golfinhos.

Já farta de espectáculos, carrocel (de que não gostou), de andar de comboio, quis ir andar numa mini-montanha russa.

- Inês se não gostares depois não podes sair. Tens que esperar que pare.
- Eu espero
- Não vais ter medo?
- Não mamã.
- Pois não. Tu és valente. - disse-lhe para que ela não tivesse mesmo medo.

Começa a nossa viagem.

Ela soltava gargalhadas de satisfação.

Quando a viagem acabou:

- Mais uma vez.

E assim foi até a montanha russa fechar.

Do dia, ficou o Peter Pan e o Capitão Gancho (no espectáculo das Focas), os Golfinhos e o Búfalo (a tal montanha russa).

Não haja dúvida: filha de paraquedista sabe voar!

Posted by Marília Pamies - Cake Designer at 6:08 da tarde 5 comments